Hoje vou conhecer o mundo sem sair da minha casa – Por Andressa Matos

Hoje vou conhecer o mundo sem sair da minha casa – Por Andressa Matos

postado em: Amplie-se | 0

Você provavelmente deve conhecer pessoas que sempre viajam. Pelos restritos números de viagens que fiz, devo me declarar uma grande admiradora dessas pessoas. Sempre achei incrível quem tem a disponibilidade de tempo e dinheiro para fazer isso.

Bem, como pessoa modesta e ocupada que sou, tenho me disposto a fazer outro tipo de viagem, uma que também é conhecida por:

“A arte de se desbravar!”

Seu percurso é um pouco mais intimista do que as convencionais. Com ele já fui de Sampa à Marselha, de Londres ao Himalaia, sempre ansiosa com o ponto de partida e sem destino ou rumo em vista. Com a mente aberta para ser levada a lugares improváveis e cenários incríveis, conhecendo personalidades das histórias, ou simplesmente histórias com personalidade.

imagens-de-livros-velhos-zsuzsanna-kilian

Seja como for, sempre fui encantada pelo poder que algumas palavras bem colocadas têm em páginas amareladas. Como diz o poeta “Em tempos de mergulhos rasos, quem lê mais do que um tweet é Rei” ou “Mais vale dois livros na mão, que um Smartphone”.

Ao certo, não sei dizer, mas posso falar das viagens que fiz e das inúmeras vezes em que estive submersa e as coisas das quais vi. Majestosamente Dumas me mostrou as consequências de se confiar na pessoa errada e a nunca perder a fé em quem sou. Austen me levou a bailes luxuosos regados a cotilhões e fofocas e me ensinou que os hábitos mudam, mas as pessoas não. Já Chbosky o que é infinito; Perkins a aceitar cada mudança como oportunidade de descobertas e Liz Gilbert que “Tudo vai dar certo no final, e se não der, pelo menos vai ser engraçado”.

Eu poderia escrever um livro, pois dessas viagens sou colecionadora. Apesar de estar longe de ser uma eximia mochileira, não perco as oportunidades sempre que as vejo; sempre em ponto de partir a conhecer os quatro cantos da Terra e adiante. Mas, o mais incrível é que eu faço tudo isso sem sair do meu canto favorito, MEU QUARTO.

 

Deixe uma resposta